Propriedades e benefícios do Anis

Anis (Pimpinella anisum), uma especiaria e planta medicinal muito popular no passado, é uma erva aromática que foi cultivada pela primeira vez no antigo Egito e foi usada principalmente para dar sabor aos alimentos. Mas, mais importante, os mesmos compostos químicos naturais que dão às sementes de anis seu sabor rico demonstraram ter efeitos benéficos na saúde humana.

As sementes de anis foram usadas nos tempos antigos para o tratamento e gerenciamento de várias condições, doenças e distúrbios médicos, especialmente no campo gastrointestinal.

A planta possui propriedades antioxidantes, antibacterianas, antifúngicas, levemente analgésicas, diuréticas, hipoglicemiantes e carminativas, e acredita-se que tenha um efeito relaxante nos músculos, ajudando a reduzir a dor associada a espasmos, como cólicas. As propriedades e benefícios do anis para a saúde são o resultado de seus componentes químicos e polifenólicos, compostos encontrados naturalmente na planta, em suas sementes e no óleo essencial dele derivado e que geram uma ação benéfica para nossa saúde.


✪ Benefícios do anis

Como é o anis?

Em primeiro lugar, é importante distinguir claramente entre anis (ou anis) e anis estrelado (ou semente de anis estrelado), duas especiarias diferentes e plantas herbáceas que compartilham usos e propriedades medicinais. O anis (Pimpinella anisum) é uma planta aromática nativa da bacia do Mediterrâneo e do sudoeste da Ásia.

Pode chegar a um metro de altura e tem belas folhas verdes de penas e pequenas e belas flores brancas agrupadas em cachos em forma de guarda-chuva, daí sua forte semelhança com o milefólio. O fruto da planta de anis, também chamado de anis, anis ou semente de anis, é uma pequena semente esverdeada de 3 a 6 mm de comprimento que fica marrom quando seca.

Qual é o gosto e o cheiro do anis?

As sementes de anis têm um sabor um pouco semelhante ao anis estrelado, alcaçuz ou sementes de erva-doce. Isso ocorre porque todas as plantas compartilham certos componentes aromáticos naturais, dos quais o mais notável é o anetol. O anis não tem um sabor próprio (não é picante, doce ou amargo), mas tem um aroma claro de alcaçuz. Portanto, é um sabor adquirido (ver mapa de ervas e especiarias).

Os componentes químicos que dão sabor ao anis são: trans-anetol (até 90% do teor de óleo essencial), estragol, beta cariofileno, cetona de anis, limoneno, alfa-pineno, anisealdeído, cresol, miristicina, terpenos, etc.

Outros compostos relevantes para a saúde na planta e seu óleo essencial são cumarinas, poliacetilenos, hidrocarbonetos terpenos, polienos, umbeliferona, metil-eugenol, sem esquecer os ácidos graxos (ácido oleico, ácido palmítico). (Triagem das atividades antioxidante e antimicrobiana do anis (Pimpinella anisum L.) (Composição química e efeito antifúngico do óleo de anis (Pimpinella anisum L.) na fase de amadurecimento). Por que é importante conhecer esses compostos? os benefícios de saúde pelos quais o anis é famoso.

Benefícios e usos do anis

Aqui apresentamos 7 notáveis ​​propriedades, usos e benefícios do anis para a saúde:

1) Útil para problemas gastrointestinais
As sementes de anis têm sido tradicionalmente usadas para tratar indigestão, aliviar cólicas, flatulência e até náuseas. Pesquisas mais recentes revelam que a planta pode até proteger contra úlceras gástricas (fonte). O chá de anis, feito a partir de sementes moídas frescas ou secas, pode ser usado para os mesmos fins.

2) Possui ação antimicrobiana
O anetol, principal componente do óleo essencial de anis e anis, é um poderoso agente antibacteriano, antifúngico e antiviral natural. Extratos de água e metanol de anis, bem como óleo essencial de anis simples, demonstraram inibir a atividade de bactérias, fungos e leveduras, como Salmonella enterica, Saccharomyces cerevisiae, Candida albicans, Staphylococcus aureus, Streptococcus pyogenes e Klebsiella pneumoniae.

Estes são alguns dos patógenos que podem facilmente infectar a nós e nossos alimentos e levar a sérios problemas de saúde. Os extratos de anis e seu óleo essencial são bastante eficazes contra todos eles, daí seu uso em preparações para o resfriado comum, xaropes para tosse, expectorantes, etc. (Atividade antibacteriana in vitro de extratos de frutas Pimpinella anisum contra algumas bactérias patogênicas)

3) Efeito diurético e laxante leve
Um estudo clínico realizado em 20 pacientes que sofrem de constipação crônica revelou que o anis e seu óleo essencial derivado têm um efeito laxante pronunciado e podem reduzir o tempo de trânsito, aumentar o número de evacuações diárias e melhorar a função intestinal geral sem efeitos colaterais perceptíveis. O chá feito com sementes de anis frescas ou secas tem propriedades diuréticas suaves, que favorecem a função renal e promovem a saúde dos rins, além de ser benéfico para as hemorroidas graças ao seu acentuado efeito laxante.

4) Tem atividade anti-inflamatória e analgésica
Um estudo indiano revelou que o óleo essencial de anis tem notáveis ​​efeitos anti-inflamatórios e analgésicos, sendo seu efeito comparável ao da aspirina (efeito analgésico do extrato de óleo essencial de Pimpinella anisum L. em camundongos) ( Avaliação da atividade analgésica e anti-inflamatória do extrato de óleo fixo de Pimpinella anisum). Resultados semelhantes podem explicar por que a planta e seu óleo essencial derivado ajudam a aliviar a dor abdominal.

5) Fornece Proteção Antioxidante
Sementes de anis, óleo essencial e vários extratos demonstraram boa atividade antioxidante, protegendo as células e o DNA contra a ação prejudicial de moléculas de radicais livres, como superóxido ou ferrugem. Ao garantir a atividade celular normal, os antioxidantes nos protegem contra distúrbios que podem fazer com que as células enlouqueçam, vivam indefinidamente e produzam mais de seu tipo, um processo que muitas vezes leva a tumores malignos.

6) Expectorante natural e carminativo O
anis e seu óleo essencial derivado, bem como o chá de sementes de anis, são usados ​​há muito tempo para o tratamento e controle de resfriados comuns, bronquite ou outras infecções respiratórias. Acredita-se que a planta seja um expectorante natural eficaz com notáveis ​​propriedades anti-sépticas.

7) Ação hipoglicemiante e redutora de colesterol.
Um estudo no qual o pó de semente de anis (ou coentro) foi administrado a pacientes diabéticos por 60 dias mostrou que o pó de semente de anis pode reduzir os níveis de açúcar no sangue em jejum em 36%, bem como de colesterol e triglicerídeos no sangue (Comparação de anis e coentro sementes em termos de atividade antidiabética, hipolipemiante e antioxidante).

A glicemia de jejum é quando os níveis de açúcar no sangue são medidos após um período de cerca de 8 horas sem nada para beber ou comer para revelar uma avaliação precisa dos níveis de açúcar no sangue. Isso aponta para o anis como um excelente agente natural de redução de açúcar no sangue e uma solução futura para prevenir e controlar o diabetes tipo 2.

Efeitos colaterais e contra-indicações de anis

Embora seguro, o anis não é recomendado durante a gravidez, pois pode causar aborto espontâneo. Além disso, também pode causar reações alérgicas, como erupções cutâneas, problemas gastrointestinais ou até problemas respiratórios em pessoas especialmente sensíveis. O óleo essencial de anis, em particular, pode irritar a pele a ponto de causar pequenas bolhas e, se consumido em pequenas quantidades, pode causar vômitos, edema pulmonar e convulsões.